NOTÍCIAS DA ASSEMBLEIA

Revista internacional publica trabalho de pós-graduação da Escola da Assembleia

Notícias | Publicado em: 04/06/2019

A aluna Lucicleide Maria de Azevedo Campelo, formada na pós-graduação em “Planejamento Financeiro” pela Escola da Assembleia, teve seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) publicado na Revista da 2ª Conferência Internacional de Inovação em Saúde, na última quinta-feira (30). Intitulado “Estudo do Impacto Financeiro nos Custos das Unidades de Terapia Intensiva”, o trabalho da pós-graduada contribuiu para triplicar o faturamento das UTIs do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, durante um ano.

Orientada pelo Professor Dr. Juarez de Paiva, a estudante fez o trabalho em 2015, nas Unidades de Terapia Intensiva do Walfredo Gurgel, organizando todos os prontuários, verificando e corrigindo erros nos processos de faturamento. “Meu objetivo era mostrar o quanto se deixava de receber recursos para as UTIs do Walfredo simplesmente por falta de demonstração, ao Ministério da Saúde, das reais necessidades do hospital”, explicou Lucicleide Campelo.

A aluna corrigiu erros de faturamento, acelerou alguns procedimentos e demonstrou outras possibilidades de faturamento além das diárias das UTIs, como curativos e fisioterapia. “Quando você começa a demonstrar as necessidades da unidade hospitalar, o Ministério da Saúde entende que deve enviar mais recursos. É claro que existe uma verba pré-determinada, mas se você provar que faturou mais, irá receber mais”, disse.

O resultado foi que, após um ano de pesquisa, o trabalho da pós-graduada pela Escola da Assembleia contribuiu para triplicar o faturamento das UTIs do Walfredo Gurgel. “Quando eu cheguei lá, o faturamento era de R$850 mil; depois de um ano, quando fui embora, o faturamento estava em quase R$3 milhões”, revelou.

O diretor da Escola, professor João Maria de Lima, externou a felicidade pelo destaque da aluna e pelo resultado do seu trabalho, que contribuiu para a melhoria dos processos de faturamento do Hospital Walfredo Gurgel, beneficiando inúmeros cidadãos potiguares.

“Fico orgulhoso com o resultado da nossa instituição, que tem formado e capacitado excelentes profissionais, como é o caso da Lucicleide. Um bom profissional precisa estar em constante aperfeiçoamento para aproveitar as oportunidades que surgem no mercado, ampliando a visão e expandindo as perspectivas. Assim terá condições de somar conhecimento à experiência e, com isso, ajudar também a sociedade”, disse João Maria de Lima.

VOLTAR